Ação do programa Fica Vivo! reúne jovens em “Encontro de DJ’s” no Jardim das Alterosas

Além da discotecagem, o encontro de DJ’s contou com apresentações de dança e de MC’s de rap

  • ícone de compartilhamento

Uma ação do Programa Fica Vivo!, do Governo de Minas Gerais, reuniu cerca de 40 jovens no Jardim das Alterosas, em Betim. Houve encontro de DJ’s e apresentações de dança, no Centro de Prevenção à Criminalidade (CPC) da localidade, com o intuito de incentivar a participação desses jovens em ações de ocupação dos espaços públicos por meio de atividades de esporte e lazer.

Crédito: Rafael Costa

A mesa de som com toda a aparelhagem necessária para a execução das músicas ficou à disposição de cinco jovens que participam da oficina de discotecagem oferecida pelo Fica Vivo! para cerca de vinte meninos do território.

A maioria estava se apresentando pela primeira vez e a ansiedade era visível no rosto deles, que queriam demonstrar com perfeição o aprendizado adquirido durante as aulas ministradas pelo oficineiro Klinger Cézar de Oliveira.

Aos poucos, a timidez foi vencida pelo entusiasmo e eles se soltaram. Segundo Rafael Soares Costa, gestor social dos CPC’s Jardim das Alterosas e PTB, a interação entre os jovens da comunidade foi um dos grandes legados do encontro.

“Eles chegaram tímidos, mas o mestre de cerimônias conseguiu envolvê-los. A presença de jovens que não participam de nenhuma oficina mostra que a mobilização nas escolas da comunidade funcionou e que eventos como este são atrativos e capazes de reuni-los em torno de uma atividade de lazer”, concluiu o gestor.

Para Klinger, que atua como oficineiro no Programa Fica Vivo! há oito anos, o encontro de DJ’s é uma oportunidade para que os jovens mostrem para os amigos e para a comunidade um pouco do que aprendem durante a oficina e sintam a responsabilidade de tocar para um público de forma efetiva.

“Este evento é de suma importância para os jovens, pois visa valorizar e estimular o aprendizado e trabalha também com outros fatores como autoestima, inibição e valorização da pessoa”, disse o oficineiro.

A circulação de jovens vindos de outros territórios também foi um fator positivo apontado por Klinger, já que o evento contou com a presença de moradores do PTB, Teresópolis Alterosas, Mutirão Duque de Caxias, Itacolomi e Eldorado, em Contagem.

Além da discotecagem, o encontro de DJ’s contou com apresentações de dança e de MC’s de rap. Para a diretora do Programa Fica Vivo!, Fabiana Carvalho, os objetivos do evento foram, também, “fomentar o protagonismo juvenil, envolvendo os jovens na construção e execução da intervenção, contribuir para o processo de pertencimento do território e, principalmente, estar próximo do público foco do programa”.

A ideia foi também aproximar estes jovens do CPC, para que eles possam conhecer melhor o Programa Fica Vivo! e Mediação de Conflitos, ambos da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp).



Últimas