Belo Horizonte sedia Semana Internacional do Café em outubro

Principal evento nacional da cadeia produtiva do café conta com extensa programação de cursos, competições, seminários e palestras, além da maior feira do setor

imagem de destaque
Entre outros objetivos, a SIC tem como foco o desenvolvimento do mercado brasileiro e a divulgação da qualidade dos cafés nacionais
  • ícone de compartilhamento

O Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) e da Codemig, juntamente com o Sistema Faemg, a Café Editora e o Sebrae já preparam a quinta edição da Semana Internacional do Café (SIC). Este que é o principal encontro da cadeia produtiva no Brasil vai ocorrer em Belo Horizonte, de 25 a 27 de outubro deste ano, no Expominas.

Em 2017, o destaque fica para a ampla programação de eventos simultâneos, encontros, seminários, cursos, concursos e sessões de cupping (prova de cafés), divididos em três eixos temáticos: Mercado & Consumo, Conhecimento & Inovação, Negócios & Empreendedorismo. Por três dias, produtores, torrefadores, baristas, especialistas e consumidores conhecerão as novidades do mercado no Espaço Café Brasil, maior feira brasileira do setor, que chega à sua 12ª edição, e poderão eleger o melhor café brasileiro desta safra, no concurso Coffee of the Year Brasil.

Realizada desde 2013 na capital do maior estado produtor do país, a SIC tem como foco o desenvolvimento do mercado brasileiro e a divulgação da qualidade dos cafés nacionais para o consumidor interno e países compradores, além de potencializar o resultado econômico e social do setor.

A mudança da data para o mês de outubro busca: adequar ainda mais o calendário ao fim da safra de cafés do Brasil; ao mesmo tempo contribuir de forma estratégica em um período de grande compra e venda de grãos de qualidade; estar alinhado com os calendários de feiras internacionais do setor; e em sintonia com as viagens dos principais compradores.

O credenciamento dos participantes para as atrações já está aberto e deve ser feito no site: semanainternacionaldocafe.com.br. As inscrições para todas as atividades são gratuitas e as vagas são limitadas à lotação da sala. 

Conheça, a seguir, alguns dos destaques da Semana Internacional do Café 2017

12º Espaço Café Brasil

A plataforma de negócios para o mercado de cafés possui área de exposições e atrações focadas para os produtores rurais, cooperativas, torrefadores, exportadores, varejistas, empreendedores, food service, baristas e consumidores. Em 2016, foram 155 marcas expositoras, que atraíram 14 mil profissionais e interessados, gerando mais de R$ 25 milhões em negócios iniciados no evento.

- Seminário Internacional DNA Café 2017 

O DNA Café 2017 é um simpósio com encontro de atores da cadeia cafeeira nacional e internacional para debater tendências, desafios e ações para o futuro do mercado de café mundial. Os encontros são realizados em formato de mesas redondas, com representantes de diversos setores e mediadores.

Durante o DNA Café, o ex-diretor de Assuntos Internacionais do Banco Central do Brasil e colunista de economia da Folha de S.Paulo, Alexandre Schwartsman, vai abordar os cenários macroeconômicos atuais com as oportunidades para mercados produtores e consumidores. O Brasil é líder global no cultivo e exportação de café, sendo Minas Gerais responsável por 56% da safra do país. São colhidas, em média, 25 milhões de sacas por ano, oriundas de lavouras de mais de 600 municípios mineiros. 

Ainda durante o seminário, especialistas vão abordar os cafés especiais nos mercados europeu, asiático e norte-americano. O diretor-executivo da Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic), Nathan Herszkowicz, vai apresentar a nova pesquisa sobre Hábitos e Tendências de Consumo. Os últimos dados da Abic apontaram o crescimento de 307% do consumo de café em estabelecimentos comerciais, nos últimos oito anos. Case de sucesso, o presidente do Grupo 3Corações, Pedro Lima, vai falar sobre o caminho de empreender no café.

Fórum da Agricultura Sustentável 2017

O evento reunirá os principais profissionais do setor para debater ações na cafeicultura e os próximos passos para o desenvolvimento sustentável das gerações futuras. O Brasil, maior produtor e exportador de café do mundo, tem na agricultura nacional o exemplo para o mercado internacional no tema sustentabilidade da cadeia produtiva.

O Café como Agente Transformador será um dos temas abordados, com palestras sobre as experiências nas comunidades produtoras do Café Geisha, no Panamá, o café de qualidade e a presença da mulher, com a moderação de Josiane Cotrim, fundadora da Aliança Brasileira das Mulheres do Café (IWCA), além da importância da sucessão na cafeicultura familiar, com a fala de produtores.

Depois, serão discutidos os impactos da mudança climática para a cafeicultura, quando especialistas debaterão os desafios enfrentados pelo Brasil, os indicadores da cafeicultura sustentável e as pesquisas mundiais que afetam a produção de café. Dentre os convidados, o pesquisador da Royal Botanic Garden Kew, de Londres, Aaron Davis, uma referência em estudos nessa área. A inovação para o agronegócio, incluindo a cafeicultura e o agricultura digital, bem como as novidades do mercado nessa área, também faz parte do painel de discussões. 

O encerramento contará com as presenças de especialistas da Universidade Federal de Lavras (Ufla), da Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) e da SMC Comercial Exportadora de Café (Cooxupé). Eles debaterão sobre os Cafés do Brasil: Diversidade e Qualidade, com a moderação do Superintendente da Federação dos Cafeicultores do Cerrado Mineiro, Juliano Tarabal.

- Cafeteria Modelo

Direcionada ao mercado de food service, a atração conta com capacitação técnica para empreendedores e orientação em planejamento de negócios. Oferece também workshops práticos, com conceituados profissionais brasileiros, sobre o preparo de espressos e drinques, leite com café, torra, degustações e os mais diferentes métodos de preparo da bebida.

- Encontro de Produtores do Programa Café+Forte

Encontro promovido pela Faemg com produtores e técnicos participantes do programa, que realiza a transferência de tecnologia nas áreas de gestão e custos, melhorando a capacidade de gerenciamento do cafeicultor mineiro.

- Reuniões Educampo Café

O encontro reúne técnicos para discutir aspectos relativos à metodologia do Educampo, programa desenvolvido pelo Sebrae. O projeto propõe a capacitação permanente e assistida ao produtor e possibilita a adoção das melhores práticas gerenciais e técnicas, de acordo com a disponibilidade de recursos em sua propriedade.

- Sala de Cupping & Negócios

Amostras de cafés nacionais da safra atual são enviadas por produtores de todo o Brasil e, então, provadas por classificadores e compradores nacionais e internacionais para a venda direta pelos produtores.

- Coffee of the Year Brasil 2017

Os 10 melhores cafés são provados pelo público e o mais votado é escolhido o melhor café do Brasil desta safra. A premiação será anunciada no dia 27 de outubro durante a Semana Internacional do Café.

Produtores têm até o dia 20 de setembro de 2017 (quarta-feira) para enviarem suas amostras. Para entrar nesse seleto ranking, os cafés indicados pelos produtores precisam atingir uma classificação mínima de 80 pontos, em uma escala de 100. A avaliação sensorial leva em conta os itens: aspecto, seca, cor, porcentagem de peneiras, tipo, teor de umidade, torração e qualidade.

- Encontro IWCA Brasil

A Aliança Internacional das Mulheres do Café do Brasil realiza encontro anual para debater os principais passos para atuação do grupo. A Aliança é formada por cafeicultoras, empresárias e baristas.

- Copa Barista 2017

Profissionais de todo o país estarão presentes na 6ª Copa Barista. A competição premia os melhores colocados na preparação de espressos, cappuccinos e cafés filtrados.

- Cursos de Torra (Torra Lab)

Mestres de torra realizam cursos técnicos e práticos sobre como torrar o café e aspectos de gestão de microtorrefações.

Circuito antecede evento

Pelo terceiro ano consecutivo, a programação da SIC começa um mês antes, com o roteiro de cafeterias do Café da Semana. Entre os dias 25 de setembro e 4 de novembro de 2017, mais de 20 cafeterias da cidade apresentarão aos clientes, nos diversos métodos de preparação, cafés oriundos das cinco grandes regiões produtoras de Minas Gerais (Cerrado Mineiro, Mantiqueira de Minas, Sul de Minas, Matas de Minas e Chapada de Minas), além dos diferentes métodos de preparo.

Números gerais da SIC 2016

- Visitantes nos três dias: mais de 14 mil
- Total de expositores: 103
- Marcas expositoras: 155 marcas
- Negócios iniciados no evento: R$ 25 milhões
- Amostras de café nas rodadas de negócios: 100
- Total de eventos simultâneos: 25
- Sessões de cupping: mais de 30 sessões, com, aproximadamente, 2.250 xícaras provadas
- Total de palestrantes: 68
- Mais de 180 amostras inscritas para o Coffee Of the Year
- Milhares de apaixonados e apreciadores de café

Minas do café

Os números da SIC dão bem uma noção da posição de Minas Gerais como o maior produtor cafeeiro do Brasil. Líder nacional, responsável por 51% da safra brasileira, se o estado fosse um país, seria o maior produtor mundial do grão. Aqui são colhidas, em média, 25 milhões de sacas por ano, oriundas de lavouras distribuídas em 1,1 milhão de hectares e mais de 600 municípios. A produção de café representa cerca de 6% do PIB mineiro.

Patrocinadores

A SIC tem como Patrocinadores Diamante Sistema Ocemg, Sescoop e OCB.

Serviço:

Semana Internacional do Café 2017
Data:
25 a 27 de outubro
Local: Expominas - BH
Mais informações: www.semanainternacionaldocafe.com.br



Últimas