Cemig orienta sobre cuidados com a rede elétrica durante festividades

As normas de segurança são muito importantes e devem ser seguidas corretamente, sobretudo para que não haja acidentes

imagem de destaque
Cuidados com a rede elétrica são fundamentais nas festividades
  • ícone de compartilhamento

Durante todo o ano, diversas festividades públicas movimentam as cidades mineiras. Muitas das festas, inclusive, contam com enfeites e ornamentos afixados nas fachadas das edificações, árvores e outras estruturas. 

Por conta disso, a Cemig alerta para os cuidados que devem ser adotados em relação à rede elétrica, antes e durante esses eventos. Os organizadores e os participantes precisam ficar atentos, especialmente, na utilização dos fogos de artifício e dos típicos enfeites de ruas e praças, que são comuns nesses eventos.

Segundo o engenheiro de Segurança do Trabalho da Cemig, Demetrio Aguiar, os fogos de artifício devem ser manuseados somente por adultos e utilizados em locais distantes da rede elétrica, afastados de bandeirinhas e de demais enfeites ou materiais que apresentem risco de incêndio. "Os fogos de artifício podem causar queimaduras graves e, se atingirem a rede elétrica, podem gerar um curto-circuito", explica.

Os enfeites de ruas e praças - como as típicas bandeirolas, faixas e outros adereços - devem ser feitos com materiais isolantes, biodegradáveis e não podem ser afixados próximos à rede elétrica.

De acordo com o engenheiro, as pessoas devem ter cuidado também com a utilização de bambus e varas metálicas, como hastes para a fixação das bandeiras, que devem respeitar a distância mínima de 1,5 metro da rede. “É preciso calcular a altura desses objetos, para que não haja contato com os fios de energia elétrica”, alerta Demetrio Aguiar.

A instalação de iluminação auxiliar e de sistemas de sonorização ambiente também exigem cautela. A recomendação é que sejam respeitadas as distâncias mínimas de segurança em relação à rede elétrica, até porque tais instalações temporárias requerem manutenções, que devem ser feitas de maneira segura, sem proximidade com os fios de energia.

Vale destacar, ainda, que somente os profissionais qualificados devem instalar e fazer manutenção, além, é claro, de promover a retirada dessas instalações temporárias de som e iluminação.

Caso haja a necessidade de energia elétrica no local, a Cemig deve ser acionada previamente para instalar uma ligação provisória. Além disso, não são permitidas ligações clandestinas às redes elétricas, que além de perigosas, comprometem o bom funcionamento de todos os equipamentos elétricos conectados na região.

Serpentinas metálicas

A comercialização das serpentinas metálicas está proibida desde 2012, pela Lei estadual 20.374. Em caso de descumprimento, o infrator ficará sujeito às penalidades previstas no Código de Defesa do Consumidor. A Cemig chama a atenção da população sobre os perigos da utilização de serpentina metálica e os riscos de acidente com a rede elétrica.

“As serpentinas e os confetes têm partículas metalizadas e, quando lançadas são dispostas de forma concentrada, podendo causar curto-circuito nas redes de alta tensão e provocar acidentes. Por precaução, as pessoas não devem atirar nenhum objeto em direção à rede elétrica”, destaca Demetrio Aguiar.

Ainda segundo o especialista, produtos similares à serpentina também são perigosos e devem ser evitados, principalmente, próximos da rede elétrica.

Normas de segurança

De acordo com as normas de segurança da Cemig, postes e padrões de energia não devem ser utilizados para amarrar bandeirinhas, faixas e outros adereços, assim como deve ser evitada a fixação de enfeites próxima à rede elétrica. Também não é permitido usar as estruturas da rede de energia para esse fim.

A montagem de barraquinhas, camarotes, arquibancadas, palanques e palcos, além da utilização de veículos de som e trios elétricos devem observar a distância mínima de segurança (1,5 metro) em relação à rede elétrica.

Iluminação, enfeites e alegorias

• Não lançar artefatos (serpentinas, confetes, entre outros) na rede elétrica, sejam metálicos ou não;

• Antes de fazer qualquer ligação elétrica ou de instalar enfeites e alegorias, consultar a Cemig;

• Não instalar nenhum enfeite próximo à rede elétrica;

• Não fazer ligações clandestinas (gatos);

• Com relação a estruturas para exibição de jogos em telões e apresentação de shows, para a montagem e desmontagem deve-se considerar a existência das redes elétricas aéreas e, em caso de escavação, as redes subterrâneas;

• A fixação das coberturas deve ser bem feita para evitar o desprendimento e a possível projeção contra a rede elétrica;

• Aparelho de som, refrigeração, churrasqueiras elétricas e outros aparelhos desse tipo não devem ser ligados próximo a duchas ou piscinas;

• Evitar improvisos (gambiarras), pois eles aumentam o risco de acidentes com a rede elétrica;

• Não tentar socorrer as vítimas se houver fio partido. Nesse caso, acionar imediatamente a Cemig e o Corpo de Bombeiros;

 

Em caso de acidentes com a rede elétrica, as solicitações de atendimento podem ser feitas pelo Fale com a Cemig, no telefone 116. A central de atendimento funciona 24 horas e a ligação é gratuita.



Últimas