Inscrições de startups para a 4ª rodada do Seed vão até 2 de março

Ao todo, 40 projetos serão selecionados e receberão um capital semente de até R$ 80 mil. Aceleração começa em junho

  • ícone de compartilhamento

Você é empreendedor e tem uma boa ideia de negócio? Venha participar da 4ª edição do maior programa de aceleração de startups de Minas Gerais, o Seed - Startups and Entrepreneurship Ecosystem Development

Entre no site do Minas Digital, leia atentamente o edital e inscreva seu projeto até o dia 2 de março de 2017. Ao todo, 40 startups serão selecionadas e receberão um capital semente livre de participação de até R$ 80 mil.

O Seed, um programa do Governo do Estado coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes), busca projetos de negócio de base tecnológica de empreendedores nacionais e estrangeiros que têm disponibilidade de residir em Belo Horizonte durante os seis meses de aceleração. 

A 4ª rodada terá início no dia 20 de junho e terminará em 20 de dezembro. Durante este período, os participantes são beneficiados com mentorias personalizadas, formação empreendedora, escritório compartilhado inspirador e conexão com o ecossistema global.

E não para por aí. O Seed é considerado o programa de aceleração que mais oferece benefícios não financeiros (perks) no Brasil. Atualmente, mais de 50 empresas parceiras oferecem US$ 1 milhão em perks aos participantes. 

Dentre elas, estão grandes nomes como Microsoft, Amazon, IBM e Google. Com este apoio, os empreendedores têm direito a serviços e acesso a ferramentas de tecnologia, inclusive aqueles que passaram pelo programa nas edições anteriores.

Diante de todas essas vantagens, a única contrapartida exigida pelo programa é que os participantes façam atividades de difusão por todo o estado, realizando workshops, cursos, oficinas para difundir conhecimentos, habilidades e experiências, além de divulgar o programa e disseminar a cultura empreendedora aos mineiros. Desta forma, todo o capital semente investido nos empreendedores é livre para que apliquem em suas startups. 
 
O Seed é uma possibilidade para fazer seu sonho virar realidade, como aconteceu com o empreendedor Vinícius dos Anjos, CEO da startup NexAtlas. Piloto de aviação executiva há 10 anos, detectou uma necessidade do mercado, que virou um negócio de sucesso. 

Vinícius resolveu disponibilizar em plataforma as informações que eram distribuídas aos pilotos em meios analógicos, ou seja, papel. A ideia deu tão certo que hoje a startup negocia com a Aeronáutica Brasileira para que a ferramenta se torne o meio oficial de planejamento de voo e distribuição de informação aeronáutica em meio digital no país. 

“Com o apoio do Seed nosso protótipo é usado em massa por 35 mil pilotos no Brasil, o que corresponde a 50% de todos os pilotos habilitados no país”, afirma o idealizador.

Exemplos como este fazem o Seed acreditar que o programa de 2017 será ainda mais inspirador. Com investimentos da ordem de R$ 6,063 milhões para a 4ª rodada, o programa é considerado uma das principais ações do Programa Minas Digital para fomentar o empreendedorismo e desenvolver o ecossistema de startups em Minas Gerais.

O objetivo é transformar o estado no maior polo de empreendedorismo e inovação da América Latina. A última rodada bateu recorde de inscrições, com 1.453 projetos cadastrados. Ao todo, 4.255 foram inscritos no Seed nas últimas três rodadas. Até o momento, 112 projetos de empreendedores de 21 países distintos foram apoiados pelo programa.  



Últimas