Minas sedia curso de inteligência financeira para as forças de segurança de 11 estados

Durante esta semana, os servidores de diferentes instituições assistirão às aulas e palestras na capital mineira. Ação é uma realização do Governo do Estado, por meio da Sesp

imagem de destaque
Servidores de diferentes instituições assistirão, durante esta semana, às aulas e palestras
  • ícone de compartilhamento

Autoridades e agentes de inteligência das forças de segurança pública de onze estados iniciaram, nesta segunda-feira (16/4), o curso de “Inteligência Financeira” promovido pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), em parceria com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

Durante esta semana, os servidores de diferentes instituições assistirão às aulas e palestras no auditório do prédio da Superintendência de Informações e Inteligência da Polícia Civil, em Belo Horizonte.

Além de auxiliar os trabalhos no combate à lavagem de dinheiro, a capacitação vai auxiliar na atividade de Inteligência Policial, abordando a proteção e produção de conhecimento e, também, a identificação de provas da movimentação financeira e tributária das quadrilhas que praticam crimes variados, entre eles o narcotráfico e crime contra a administração pública.

Durante a abertura, o secretário-adjunto da Sesp, Aílton Lacerda, salientou a necessidade da integração dos trabalhos, principalmente no âmbito da inteligência. “A segurança pública no Brasil impõe que atuemos de forma integrada. A capacitação é uma forma de fornecermos recursos para que os processos sejam cada vez mais alinhados e eficientes”, pontuou.

Crédito: Carlos Alberto/Imprensa MG

Também presente na solenidade, a coordenadora de Projetos e Capacitação da Inteligência da Senasp, Camila Marques, explicou que “o curso faz parte de um calendário de treinamentos que acontecerão em todo o Brasil”.

Participam do curso agentes da inteligência das forças de segurança de Minas Gerais e dos seguintes estados: Paraná, Alagoas, Sergipe, Santa Catarina, Piauí, Ceará, Distrito Federal, Roraima, Rio de Janeiro e São Paulo. O curso terá duração de 40horas/aula e trabalhará as seguintes disciplinas: Introdução à Inteligência Financeira, Análise Bancária, Análise Fiscal e Patrimonial, Tecnologia de Inteligência Financeira e Estudos de Casos.

O evento também contou com a presença do subsecretário de Integração da Sesp, Danilo Emanuel Salas, do coordenador de Integração de Inteligência da Segurança Pública, Joaquim Francisco Neto, da coordenadora da Escola Integrada de Segurança Pública, Roberta Corrêa Lima, do diretor de Inteligência da Polícia Militar, coronel Juliano Cançado Dias, e do chefe da Contrainteligência do Corpo de Bombeiros Militar, tenente Eduardo Felipe Almeida dos Santos.



Últimas