Pequenos produtores comemoram aumento nas vendas com apoio do Governo do Estado

Circuito de Compras Sociais tem como objetivo promover a inserção dos pequenos negócios às redes supermercadistas

  • ícone de compartilhamento

Do tradicional Festival de Jabuticaba de Sabará para a rede supermercadista. Esta é a meta da empreendedora, Olga Maria Teixeira Caixeta, proprietária da marca “Ó Pretinha”, que produz de geleias gourmet, molhos (pimenta, mostarda, barbecue) e bebidas à base de jabuticaba.

Ela reconhece que o caminho é longo, tendo em vista, que, para ganhar espaço nas gôndolas, os produtos devem atender as normas, tanto da vigilância sanitária, quanto aos órgãos de proteção do consumidor.

Crédito: Divulgação/AMIS

Todavia, segundo ela, o primeiro passo já foi dado com a exposição e apresentação aos empresários, durante o Circuito Mineiro de Compras Sociais, na última edição do Super Encontro Varejista (Sevar) do Centro-Oeste, realizada em março, em Divinópolis.

“Participar do Circuito Mineiro de Compras Sociais é fundamental para trocarmos experiências e aprendizados. Também é uma oportunidade para que o pequeno produtor tenha conhecimento do que precisa ser feito para adequar o seu produto às normas de segurança alimentar das redes supermercadistas”, analisa.

“No meu caso, vou providenciar a rotulagem com informações nutricionais e o código de barras para atender um empório que será inaugurado em Divinópolis”, complementa. De acordo com a produtora, o empório será o primeiro ponto de venda dos produtos “Ó Pretinha”. Eles também podem ser degustados no Festival de Jabuticaba de Sabará.

Já o experiente casal de irmãos, Juliano e Adriana Ribeiro, produtores e fornecedores de frutas e hortaliças para a rede de Supermercados ABC, de Divinópolis, no Território Oeste, está entusiasmado com mais duas negociações. “Estamos negociando com uma rede de Nova Serrana e outra de Pará de Minas. Esses encontros com as redes varejistas facilitam ao pequeno produtor, diversas perspectivas de negócios”, defende. 

A empreendedora Olga Caixeta mostra os produtos da jabuticaba (Crédito: Arquivo Pessoal)

Protagonismo do Estado

A iniciativa de aproximar quem produz aos compradores é um compromisso do Governo de Minas Gerais, que conta com a parceria de órgãos e entidades do setor, para capacitar e profissionalizar o pequeno negócio.

Essas ações de capacitação e orientação técnica são viabilizadas durante as feiras e encontros que ocorrem ao decorrer do ano, com apoio da Secretaria de Estado Extraordinária de Desenvolvimento Integrado e Fóruns Regionais (Seedif) por meio do Fórum Permanente Mineiro das Micro e Pequenas Empresas (Fopemimpe), e Associação Mineira de Supermercados (Amis).

Para o secretário Wadson Ribeiro, titular da Seedif, o acesso dos pequenos empreendimentos às gôndolas do segmento supermercadista é uma iniciativa que traz benefícios econômicos e sociais para todos os territórios do estado. “ Viabilizar o acesso dos produtos das agroindústrias familiares para as grandes redes fortalece toda a cadeia produtiva, com alimentos de qualidade”, defende.

Serviço para o produtor

Para expor no Circuito Mineiro de Compras Sociais os pequenos empreendedores participam de capacitação e são selecionados de acordo com o regulamento do projeto.  Os principais quesitos são quanto à qualidade, regularidade fiscal, sanitária e demais legislações pertinentes. Além disso, é preciso que eles tenham capacidade de produção para atender o varejo. Para mais informações, o telefone de contato é o (31) 3915-2984.



Últimas