Projeto 'Amiguinhos do 190' está de volta para conscientização de crianças sobre o serviço de emergência policial

Ação estadual, por meio da Polícia Militar de Minas Gerais, combina arte e educação em apresentações direcionadas ao público infantil

imagem de destaque
Apresentação gratuita da peça teatral "Amiguinhos do 190" será destaque, todas as segundas-feiras, na Biblioteca Estadual Luiz de Bessa 
  • ícone de compartilhamento

O Governo de Minas Gerais, por meio da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), vai retomar, todas as segundas-feiras, às 8h30, o projeto social "Amiguinhos do 190". Realizada na Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa, integrante do Circuito Liberdade, a ação tem como principal objetivo utilizar a educação e a arte, por meio de uma peça teatral, para conscientizar as crianças sobre a importância do serviço de emergência policial (190) e as consequências do trote e da mentira.

A peça tem início com o cenário do quarto do garoto Zezé. Na trama, junto a seus bonecos - Mestre Bituca e Policial Militar -, a criança vive uma aventura contra o terrível vilão, o Trote. Ao longo de toda a apresentação, o conteúdo artístico orienta as crianças, com interatividade, sobre a postura correta de todo policial militar, do uso adequado do telefone de emergência policial (190) e as consequências da mentira e do trote na vida de todo ser humano.

Além da programação fixa na Biblioteca Estadual Luiz de Bessa, também estão previstas apresentações externas do "Amiguinhos do 190" em praças ao ar livre, instituiões que atendem o público infantil e, ainda, nas escolas da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) em apoio ao Carro Biblioteca, projeto que leva leitura e informação a quem está distante do centro da capital. 

Amiguinhos do 190

O projeto foi desenvolvido pela Polícia Militar, por meio do Centro Integrado de Comunicações Operacionais (CICOp), a partir da criação do sargento PM, Leonardo Moreira, e cabo PM, Marcelo Malça, com o propósito de auxiliar a Polícia Militar nas ações preventivas. Desse modo, o "Amiguinhos do 190" busca a diminuição do trote feito pelas crianças na central 190. Seu público são as crianças, com idade entre 5 e 8 anos, matriculadas em escolas das redes pública e privada da RMBH.

A ação consiste na apresentação gratuita da peça teatral "Amiguinhos do 190" na Biblioteca Luiz de Bessa e na “visita guiada” ao prédio do Comando-Geral, onde funciona o serviço de teleatendimento de emergência policial (190). Com objetivo semelhante, foi desenvolvida a apresentação externa nos próprios colégios, para público de mesma faixa etária, com a possibilidade de atender, a cada visita, de 150 a 450 crianças, em um auditório ou quadra poliesportiva.

Apresentação teatral

A peça é apresentada por atores, que também são policiais militares, de forma lúdica, misturando teatro, música, poesia, dança, contação de estórias e brincadeiras. Desse modo, desperta no público infantil, segundo a PMMG, o gosto pela arte e a importância do serviço de emergência policial 190.

No início da apresentação, as crianças ajudam a dar vida ao boneco Policial Militar ao cantar o hino "Herói de Verdade". Em seguida, com a música "O foguete"as crianças quebram o gelo e se aquecem para cantar e dançar "Por quê, Pra que?". Depois, se divertem com a canção do "190", a partir da qual aprendem três perguntas básicas para a central de emergência policial.

Na sequência, o Policial Militar conta uma fábula de Esopo, e canta "Triste Trote", música que ilustra os perigos da mentira. O vilão da peça entra em cena, então, cantando "Trote Vilão" e participa do "Jogo do 190", que ilustra como funciona a central da PM e os efeitos do trote. Com a ajuda das crianças, os Amiguinhos do 190 derrotam o Trote Vilão.

Na parte final da peça, o Mestre Bituca declama o poema 'Leilão de Jardim', de Cecília Meireles. Após o poema, os professores são homenageados com a canção feita exclusivamente para eles, chamada "Quão tanto".

É a vez, então, das crianças ,que recebem a carteirinha de "Amiguinhos do 190" e cantam a música tema da peça. Posteriormente, o Policial Militar passa várias dicas culturais e de segurança para as crianças.

O espetáculo se encerra ao terminar a magia dos bonecos.

Serviço:

Projeto Social “Amiguinhos do 190”
Data:
 todas as segundas-feiras
Local:  Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa 
(Praça da Liberdade, 21, Funcionários - Belo Horizonte/MG)
Classificação indicativa: Livre para todos os públicos
Informações e agendamento: (31) 3071-2693
Entrada gratuita

Outras informações:

Comunicação Organizacional CICOp
cicop-p5@pmmg.mg.gov.br – (31) 3071-2693

Amiguinhos do 190
amiguinhosdo190@gmail.comwww.amiguinhosdo190.com.br



Últimas