Unimontes fecha o 1º semestre com quase 20 mil atendimentos à população no Norte do estado

Projetos de extensão levam serviços à comunidade por meio da ação de acadêmicos voluntários. São João da Ponte será o 7º município contemplado

  • ícone de compartilhamento

Oficina de Robótica (Crédito: Divulgação/Unimontes)

A Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), por meio dos projetos de extensão, atendeu um público de 19.021 pessoas no primeiro semestre de 2017.Os números foram apresentados pela Coordenadoria de Apoio ao Estudante (CAE), vinculada à Pró-Reitoria de Extensão, com base nos dados de nove iniciativas em municípios do Território Norte do estado, realizadas no âmbito dos projetos Unimontes Solidária, Multicampi, Espaço 5.5 em Ação e Comunidade em Ação.

O próximo roteiro será em São João da Ponte, a partir da próxima quinta-feira (10/9), com mais uma edição do Unimontes Solidária. Na programação, que se estenderá até o domingo (13/8), a caravana formada por acadêmicos voluntários de diversos cursos de graduação promoverá palestras, oficinas, campeonato de robótica, roda de conversa, cinema comentado e ações culturais, esportivas e sociais para a comunidade em geral, gratuitamente.

A Prefeitura de São João da Ponte é parceira na realização das atividades, com o suporte de transporte, alimentação e hospedagem, conforme contrapartida estabelecida em edital. A Faculdade de Ciência e Tecnologia de Montes Claros (Facit) também apoia a Unimontes na realização do projeto.

Desfile em praça pública de roupas produzidas a partir de material reciclável (Crédito: Divulgação/Unimontes)

Dentre os temas relacionados para as palestras estão “o Uso da Tecnologia em Sala de Aula” e “Educação Financeira para jovens”. As oficinas vão destacar os temas como “Alfabetização”, “Literatura Infantil” e “Robótica”, além de uma intervenção sobre reciclagem do lixo e a roda de conversa sobre “Ética e Cidadania”.

Números

Entre março e julho, a Unimontes desenvolveu os projetos extensionistas em seis municípios da região norte-mineira: Mirabela (1.035 atendimentos), Ibiaí (1.325), Urucuia (5.100), Salinas (2.388), Montes Claros – campus-sede (350), Montes Claros – comunidade de Abóboras (430), Montezuma (3.473) e São João do Paraíso (4.920). Uma das novidades na última edição foi a produção de roupas a partir de materiais recicláveis, com direito a um desfile em praça pública.

Em 15 anos de projeto, até julho último, a Unimontes beneficiou aproximadamente 270,1 mil pessoas em 62 municípios mineiros, com o envolvimento direto de 2,3 mil acadêmicos. Para 2017, com a comemoração da data, a Universidade atenderá 19 cidades até dezembro.

A projeção é para que 500 acadêmicos – inclusive de cursos a distância – participem como monitores das ações de educação, assistência social, desenvolvimento sustentável, cidadania, arte, cultura, entretenimento, esporte e lazer – de acordo com as demandas específicas.



Últimas