Minas por Região
Educação

09h00min - 15 de Junho de 2013 Atualizado em 08h24min - 01 de Julho de 2013

Secretaria de Educação promove integração entre todas as Regionais de Ensino

Mais de 3,6 mil diretores e 5 mil servidores participaram de encontros com a secretária Ana Lúcia Gazzola nas 47 superintendências do Estado

Lígia Helena Souza / SEE
Nas visitas, a secretária Ana Lúcia Gazzola ouviu demandas dos servidores das Superintendências
Nas visitas, a secretária Ana Lúcia Gazzola ouviu demandas dos servidores das Superintendências

A Secretaria de Estado de Educação (SEE) é responsável por administrar a segunda maior rede estadual de ensino do país, com 3.686 escolas estaduais, 200 mil professores e 2,3 milhões de alunos. Para esta tarefa, a secretaria conta com 47 Superintendências Regionais de Ensino (SREs), que administram o sistema em nível regional, muitas delas bastante distantes da sede, em Belo Horizonte. A administração central do sistema, contudo, nunca esteve tão próxima das unidades regionais. Desde 2011, a secretária de Estado de Educação, Ana Lúcia Gazzola, iniciou uma série de viagens a cada uma das sedes de Superintendências e, na última semana, completou o ciclo de viagens, com a visita à Regional de Monte Carmelo, a 47ª visitada.

Durante as visitas, a secretária teve a oportunidade de se reunir com todos os diretores de escolas e servidores das Superintendências — somados, foram 3,6 mil diretores e mais de cinco mil servidores da Educação. Nesses encontros, a secretária explicou o funcionamento do sistema, esclareceu dúvidas e ouviu reivindicações. “É a primeira vez que um secretário de educação visita sistematicamente todas as SREs. É cômodo gerirmos a educação do Estado de Belo Horizonte, mas não é prático”, afirma Ana Lúcia Gazzola.

Liziane Cardoso Stein, diretora da Escola Estadual Melo Viana, de Monte Carmelo concorda com a secretária. “Porque uma coisa é fazer projetos de dentro do gabinete, outra é você estar dentro do contexto do professor, do diretor e do aluno e perceber de fato como esses projetos são implementados dentro da realidade. E ninguém melhor que o diretor para passar para ela, com o máximo de fidedignidade, o que realmente acontece dentro do contexto escolar”, acrescenta a educadora.

Sempre acompanhada pela coordenadora das Superintendências Regionais de Ensino, Eunice Prado, Ana Lúcia Gazzola levou cerca de um ano e meio para concluir as viagens. As visitas às regionais começaram em 2011, quando a secretária foi a São Sebastião do Paraíso e Janaúba, nas sedes das regionais, se reunindo com diretores e funcionários. Mas foi em 2012 que o trabalho foi mais intenso: foram visitadas 29 sedes de Superintendências. As restantes receberam a secretária este ano.

Três sedes de Superintendências estão em Belo Horizonte — as Metropolitanas A, B e C — que dividem entre si a responsabilidade pelas escolas da capital, assim como cidades da região metropolitana. Há, contudo, sedes de Regionais a até 600 quilômetros de distância, como é o caso das SREs de Ituiutaba (671 Km) e Janaúba (556 Km).

Resultados dos encontros

Muitas das decisões tomadas ao longo da gestão da secretária, inclusive, foram construídas a partir das discussões diretas com os servidores. A Lei Estadual 20.592/2012, que regulamentou a jornada do professor da rede estadual com um terço do tempo para desenvolvimento de atividades extraclasse, é um bom exemplo. Enquanto a Lei esteve em elaboração, a secretária explicou a todos a proposta e ouviu sugestões. A lei em vigor conta com avanços em relação à orientação federal, uma vez que valoriza os professores que optam por capacitação, permite que o docente cumpra parte da jornada extraclasse em local de livre escolha e permite que o profissional aumente benefícios para fins de aposentadoria.

Nas visitas, a secretária ouviu demandas dos servidores das Superintendências e vem atendendo as mais comuns, no intuito de facilitar o funcionamento das sedes. Em 2012, por exemplo, a frota de cada uma das Regionais foi ampliada, foram adquiridas novas impressoras e todas as Superintendências foram equipadas com equipamentos de vídeo-conferência. Além disso, várias sedes Superintendências já passaram por intervenções de infraestrutura. Nas SREs de São João del Rei, Januária e Divinópolis, por exemplo, tiveram novos prédios inaugurados.

Duas capacitações realizadas no final do ano passado, por exemplo, foram ofertadas por demanda de servidores das Superintendências. Em novembro, mais de 600 inspetores escolares foram capacitados em encontro realizado em Belo Horizonte. Em dezembro foi a vez dos analistas, que passaram por treinamento voltado para os anos iniciais do ensino fundamental.

Outro exemplo é a utilização dos recursos do Programa Manutenção e Custeio para as despesas com o deslocamento de servidores das escolas até as suas respectivas Regionais. A demanda surgiu em reuniões da secretária com os servidores e nesta semana foi encaminhada uma nota técnica Subsecretaria de Administração do Sistema Educacional para orientar os diretores de escolas. “É comum que servidores das escolas tenham que comparecer às sedes das SREs para reuniões. A utilização dos recursos de manutenção e custeio vai facilitar o deslocamento desses profissionais”, explica o subsecretário Leonardo Petrus.

Mapa do site

SEGOV - Secretaria de Estado de Governo de Minas Gerais

Desenvolvido por marcosloureiro.com

Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves

Rodovia Prefeito Américo Gianetti, 4001
Edifício Gerais, 1º andar
Bairro Serra Verde - BH / MG
CEP: 31630-901
Tel.: +55 31 3915-0262

Telefones de Contato