Minas por Região
Cultura

19h11min - 28 de Agosto de 2012 Atualizado em 01h44min - 30 de Junho de 2013

Terreiro Contemporâneo de Dança será realizado no Circuito Cultural Praça da Liberdade

Objetivo do evento é discutir as manifestações artísticas negras e a produção em dança contemporânea inspirada nas matrizes da África

Divulgação/Circuito Cultural
Terreiro Contemporâneo de Dança será realizado até o próximo domingo (2), no Memorial Minas Gerais-Vale
Terreiro Contemporâneo de Dança será realizado até o próximo domingo (2), no Memorial Minas Gerais-Vale

O Memorial Minas Gerais-Vale, do Circuito Cultural Praça da Liberdade, receberá, desta quarta-feira (29) até domingo (2), a segunda edição do Terreiro Contemporâneo de Dança. Idealizado pelo bailarino, coreógrafo e pesquisador Rui Moreira, o evento irá fomentar um espaço de imersão e debate em torno do universo cultural afro-brasileiro, reunindo pensadores e artistas de Belo Horizonte, São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador. O objetivo, segundo Rui, é discutir as manifestações artísticas negras e a produção em dança contemporânea inspirada nas matrizes da África.

A ideia do Terreiro Contemporâneo de Dança surgiu em 2007, quando o bailarino foi convidado a participar de um evento com o mesmo perfil no Senegal. “Desde então, eu venho confrontando os caminhos das diásporas africanas através do prisma da dança”, conta Rui. Hoje, o projeto faz parte de uma rede de ações que se estende pelo território nacional e impulsiona a criação de uma identidade brasileira baseada no convívio harmônico com as diferenças. “O estudo das diferenças alimenta não apenas o respeito pelo outro, mas o respeito consigo mesmo e o reconhecimento de uma identidade cultural”, explica o idealizador do evento.

Nesta edição, o Terreiro promoverá diversas atividades gratuitas abertas ao público, incluindo oficinas teórico-práticas, ciclo de conversas, performances e mostra de vídeos. A agenda começará com a oficina “Capoeira e Dança para crianças”, sob a orientação do Mestre João Angoleiro, nesta quarta-feira, das 10h às 12h, no Memorial.

No sábado, dia 1º de setembro, Manoel dos Anjos Dionísio ministrará a oficina “Mestre-Sala e Porta-Bandeira”, acompanhado por Raquel Pereira da Silva, ambos do Rio de Janeiro.  Manoel Dionísio tem uma extensa trajetória nas danças afro-brasileiras e mantém viva a tradição do Mestre Sala, uma arte formada a partir de uma intensa mistura cultural. Símbolo do carnaval brasileiro, a tradição surgiu no tempo dos barões do café e mescla o minueto da corte francesa com a agilidade dos ritmos africanos, transformando a própria rua em uma pista de dança popular. A oficina será realizada, das 18h às 22h, na Praça Carlos Drummond de Andrade, ao lado do Memorial Minas Gerais-Vale.

Encerrando a segunda edição do Terreiro Contemporâneo de Dança, será realizado no domingo (2), às 10h, o seminário “Caminhos do Terreiro”, trazendo Rui Moreira como mediador.

As inscrições para as oficinas podem ser feitas através do site do evento ou pelo telefone 2535 2191.

Clique aqui para ver a programação completa do evento (Arquivo Word).

Mapa do site

SEGOV - Secretaria de Estado de Governo de Minas Gerais

Desenvolvido por marcosloureiro.com

Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves

Rodovia Prefeito Américo Gianetti, 4001
Edifício Gerais, 1º andar
Bairro Serra Verde - BH / MG
CEP: 31630-901
Tel.: +55 31 3915-0262

Telefones de Contato