Romeu Zema participa de comemorações dos 40 anos de ingresso das mulheres na PMMG

Operação Filhas de Minas foi lançada em referência à data, com ações de prevenção à criminalidade em todo o estado

imagem de destaque
Governador ressaltou o trabalho das mulheres nas Forças de Segurança
  • ícone de compartilhamento

O governador Romeu Zema participou, nesta quarta-feira (1/9), do lançamento da Operação Filhas de Minas da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), com ações de prevenção à criminalidade em todo o estado. A ação é uma das comemorações aos 40 anos do ingresso da mulher na instituição mineira. Durante a solenidade, o governador também sancionou a Lei que instituiu a data (1º de setembro) como o Dia do Policial Militar Feminino. Além disso, Zema realizou a entrega simbólica de kits compostos de armamento e equipamentos de proteção individual (colete balístico) adaptados para as mulheres, que serão entregues a todas as militares.

Em seu discurso, o governador ressaltou que o trabalho das mulheres nas Forças de Segurança tem contribuído para que o Estado consiga alcançar índices recordes na redução da criminalidade.

“Estamos celebrando os 40 anos de participação feminina nesta instituição tão relevante. De 1981 até hoje, a mulher ampliou em muito a sua participação na sociedade e aqui, nas Forças de Segurança, não poderia ser diferente. Fica aqui a minha gratidão a todas as policiais femininas de Minas Gerais que têm desempenhado um trabalho que só nos dá orgulho. Um estado mais seguro significa, principalmente, um estado melhor para se viver e com melhores perspectivas”, afirmou Zema.

Operação

A operação realizada em todas as regiões do estado nesta quarta-feira terá como foco a prevenção à criminalidade, com a realização de blitz, ações educativas e de conscientização, além da repressão a crimes violentos, aumentando a sensação de segurança da população.

Segundo a comandante da Academia de Polícia Militar de Minas Gerais e comandante da operação, coronel Cleyde da Conceição Cruz, as guarnições representativas de todos os serviços da PMMG, compostas e/ou comandadas por mulheres que atuam no policiamento ostensivo, estarão presentes nas ações, destacando a importância da ocupação dos espaços profissionais.

“Vamos comemorar esta data nos dedicando ainda mais à sociedade mineira no nosso trabalho de prover a segurança pública e trazer a paz social. Há 40 anos, nós - mulheres - estamos trazendo um olhar da sociedade para dentro da instituição, com o propósito de humanizar as ações da polícia. Com a mulher dentro dos quartéis, veio com ela também a família, a empatia, o engajamento, o olhar do outro, o olhar das diferenças”, ressaltou a coronel Cleyde.

Comemoração

Durante o evento desta quarta-feira, o governador Romeu Zema sancionou a lei que institui o dia 1º de setembro como Dia do Policial Militar Feminino durante. O deputado estadual Coronel Sandro, autor do projeto, participou da cerimônia e acompanhou a assinatura da lei. Outros eventos comemorativos em referência à data estão sendo realizados ao longo desta semana.

A primeira turma de mulheres na PMMG foi instalada em 1° de setembro, de 1981, com 112 mulheres. Atualmente, cerca de 10% do efetivo total da instituição é formado por mulheres.

 “A introdução da mulher na Polícia Militar mineira trouxe a força e a leveza que ela imprime nas suas relações de trabalho, interpessoais, e representam a sociedade. Muito obrigado a todas vocês, parabéns pelo dia e que nós possamos cada vez mais melhorar a qualidade do serviço prestado à nossa comunidade por meio do trabalho de vocês, mulheres”, finalizou o chefe do Estado Maior da PMMG, coronel Eduardo Felisberto Alves.

Atendimento à Mulher

Durante a gestão do governador Romeu Zema foram criadas duas Companhias de Prevenção à Violência Doméstica, com o objetivo de ampliar o atendimento às mulheres vítimas de violência. A 2ª Companhia de Prevenção à Violência Doméstica foi instalada em Betim, em 2020, e atende a 18 municípios. Já a 3ª Companhia foi instalada em Santa Luzia, neste ano, e também atende a 18 municípios.



Últimas